10 de setembro de 2006

Caridade

Galeria

Uma rede de lanchonetes multinacional , sempre faz uma campanha chamada “....... dia feliz”, com o intuito de ajudar a combater o câncer. Pois o dinheiro da venda de seu mais tradicional sanduíche será doada para uma instituição de combate a doença.

Isso é uma iniciativa louvável, mas não é tudo tão simples nem bonito assim. Afinal a empresa vai doar o dinheiro da venda do sanduíche, mas e todo o resto que os clientes consumirem nesse dia? Os refrigerantes, outras comidas, e tudo mais que uma lanchonete vende? Naturalmente ganharão muito com isso, sem contar que é uma ótima propaganda para a empresa. Que pode mostra-se preocupada com as pessoas e ter responsabilidade social. Em outras palavras eles dão uma pequena ajuda, reconheço que qualquer doação é melhor que nada entretanto eles ganham muito direta ou indiretamente seja na venda de outros produtos ou seja com a publicidade. Entretanto se a idéia fosse simplesmente ajudar, em vez de doar o dinheiro da venda de lanches nesse dia, eles fariam uma propaganda para que as pessoas ficassem em casa e calculassem o quanto gastariam para sair de casa e comer esse “lanche” e depositassem o dinheiro na conta de alguma instituição, afinal achar uma obra assistencial para ajudar não é difícil.

Não estou aqui para contestar a doação, pois realmente acredito que a rede faz o que diz, e nós consumidores enganados pelo truque de marketing da grande, poderosa e malvada empresa, contudo nesse jogo como diz a canção: “ninguém aqui é puro, anjo ou demônio....” (Bye, Bye Tristeza – Sandra de Sá). Afinal de contas quem tem vontade de ajudar não precisa esperar uma vez por ano para ir comer um lanche rsrs.

Nós também somos responsáveis! Quando vejo pessoas dizendo que vão até algum lugar (restaurante, show, etc..) para colaborar com tal campanha acho isso uma hipocrisia incrível pois quem está realmente interessado em ajudar as pessoas faz uma Entretanto se falarmos de ajudar não podemos esquecer que todos têm algo a doar e doação não precisa esperar uma festa, evento ou data especial, é simplesmente fazer algo para ajudar o próximo, fazer um deposito ou outras tantas formas de doações. naturalmente doar não quer dizer necessariamente dinheiro porque podemos ajudar trabalhando em algum projeto social, eles sempre precisam de alguém para ajudar no trabalho.

Quero deixar claro que não tenho nada contra a rede de lanchonetes ou qualquer outra empresa que faça suas obras sociais, e só usei esse exemplo por que é bem conhecido mas existem muitos outros casos similares por exemplo supermercados, lojas de roupas e outros. E sendo as doações desinteressadas ou não, tendo ou não como seu principal motivo a autopromoção, tenho que reafirmar que toda ajuda é valida e sem duvida tem seus méritos.

5 comentários:

  1. eu não vou pr ajudar ninguém não
    vou pq é gostoso mesmo
    >=]

    ResponderExcluir
  2. Sei lá...acho que pra mim esse dia é uma desculpa para lanchar no Mac Donald´s, mas acho também que é uma forma de forçar as pessoas a fazerem caridade. Muita gente até tem vontade, porém falta iniciativa.

    Bom...é isso.

    abraços.

    ResponderExcluir
  3. Eu não gosto do Mc Donald´s.
    Se eles fossem TÃO bonzinhos,não explorariam tanto os funcionários pagando uma esmola,e tbm não jogariam na lata do lixo,sanduíches que fizeram por engano- é,poderiam pegar estes mesmos e doar p/ quem tem fome,a rua regurgita essas pessoas carentes o tempo todo.

    E tbm na minha religião dizem que,a caridade,começa dentro de casa. De nada adianta vc sair comprando um sanduíche p/ ajudar sendo que,com a sua própria família,vc não é legal...
    hahaha,revolta total!!!

    Gosto dos seus posts...fazem a gente parar pra pensar!!
    bjus!!

    ResponderExcluir
  4. E devemos lembrar das deduções em imposto de renda. Ou seja, contribuimos duas vezes.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. é... a tal da boa ação do dia... e depois esquecemos do resto!!! falar de caridade é fácil... e louvável... mas poucas são feitas de forma sincera... o que Webber chamaria de "Ação Social"...

    ResponderExcluir

Comente ! ! !
Fale sua opinião sobre o texto que acabou de ler