12 de fevereiro de 2006

Assassinato

O que é um assassinato? Parece uma pergunta bem boba, porém existem varias maneiras de responder. Evidente que a primeira coisa que nos vem à mente é uma pessoa dando um tiro em outra ou algo desse tipo. Mas quero falar de outro tipo de assassino, os que matam indiretamente.
Sempre ouvimos noticias que o deputado tal desviou alguns milhões de reais, ou que o prefeito superfaturou uma obra, assim roubando dinheiro publico, ou seja nosso dinheiro, que poderia ser usado para construção de um hospital, na compra de equipamentos e medicamentos ou ainda na contratação de mais médicos, enfermeiros, etc. Se analisarmos bem a questão veremos que quem desvia dinheiro publico, ou melhor dizendo rouba, pois dizer desviar é só uma maneira mais discreta de dizer roubar, também está matando pessoas afinal com mais profissionais e melhores equipamentos certamente seriam salvas mais vidas e todos teriam um atendimento melhor, mais digno e humano. Isso é bem mais cruel do que o assassinato comum, pois quem dá um tiro mata uma pessoa, ou seja está fazendo mal a uma pessoa e uma família. Enquanto o roubo, a corrupção prejudicam milhares de pessoas todos os dias.
Usei o exemplo do que o dinheiro roubado poderia fazer na saúde por que é relacionado com a vida e a morte, uma vez que comecei falando de assassinato, mas podemos fazer a mesma comparação com qualquer outra área. Na educação por exemplo, mais investimento significa um futuro mais promissor, talvez mesmo violência, bem que a violência não é só um fator de educação, afinal temos tantos casos de crueldades feitas por pessoas tão cultas mas esse é outro assunto. O uso do dinheiro na educação não salvaria vidas diretamente, mas teria ótimos resultados, pois certamente isso muda completamente a perspectiva de vida de cada um, imagine o que mudaria na sua vida com alguns anos de estudo a mais ou a menos? Temos que lembrar que esse ano terá eleições e devemos escolher bem, sei que não acharemos anjos na política, mas temos que tentar encontrar o melhor possível ou usando uma frase de um amigo achar o menos ruim rsrs. E por favor não diga eu não gosto de política, você não tem escolha! Ela interfere na sua vida muito mais que você imagina, e ai? Você vai ficar só olhando ou vai interferir na política também?

6 comentários:

  1. Vc consegue ser dôce e ser romântico até pra falar de política...Concordo com seu texto em gênero, número e cor...
    Adoro ler vc e adoro vc

    ResponderExcluir
  2. Lendo os textos eu entendi o nome "meu jornal" ;)
    Está de parabéns! Escreve muito bem!! Voltarei!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. O fods é saber por onde começar...

    ResponderExcluir
  4. Ora ora!! Vida inteligente na blogsfera, graças à Deus!!
    Amei o texto, e lhe deixo uma pergunta: Temos escolha nesta bandalheira chamada política brasileira? Penso que não.
    Portanto o que nos resta é torcer para que aquela "pecinha" no cérebro, chamada consciência, se faça presente na vida dos eleitos por uma nação, cuja educação é a última prioridade..
    Como saber votar?
    Um beijo
    Amei estar aqui...

    ResponderExcluir
  5. Oi Fabiano, de que serie você falou? Se for a que está no meu blog, é meio dificil de você conhecer mesmo...sou eu que escrevo! Sabe, meio que eim forma de roteiro, com personagens, musicas....essas coisas. Tente conhecer um pouco ok? té mais =]

    ResponderExcluir
  6. Olá Fabiano
    Obrigada pelo comentário no meu blog....
    Prometo que virei com mais calma a teu jornal!
    Beijos n'alma

    ResponderExcluir

Comente ! ! !
Fale sua opinião sobre o texto que acabou de ler